• Renata Muzi

Pessoas saudáveis rendem mais

Porque é tão importante debater a saúde mental dos seus colaboradores


Chegamos em setembro e com o mês veio o grande assunto do momento: saúde mental. Aliás, por que é tão importante entender o tópico e aplicar ele na sua empresa?


O que é saúde mental?


Pela definição da OMS, temos como saúde: “Um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não simplesmente a ausência de doença ou enfermidade”, ou seja, podemos só chamar uma pessoa de saudável quando todas essas áreas estão em dia.

Não é somente a saúde física que é considerada quando discutimos esse assunto. A saúde mental de uma pessoa tem a ver com como ela responde às exigências da vida e como ela concilia seus desejos, habilidades, ambições, pensamentos e emoções. Ela é resultado da interação do indivíduo com os seus círculos no meio interno e externo, às suas características pessoais e relação familiar.

Por que é algo tão falado nas empresas?


É o assunto do momento, principalmente após o aumento dos casos que tivemos relato na pandemia de Covid-19. A Organização Mundial da Saúde afirma que os distúrbios relacionados à saúde mental custam à economia global aproximadamente US $1 trilhão diariamente em perda de produtividade. A partir da década de 1990 no Brasil houve um alto número de Lesões por Esforços Repetitivos e Distúrbios Osteo musculares Relacionados ao Trabalho, que gerou um aumento dos afastamentos para aposentadoria por invalidez ao longo dos anos.

O estresse está entre o ponto principal, ele desequilibra as demandas do trabalho e a capacidade de resposta dos colaboradores.


Síndrome Burnout:

Existe uma condição clínica muito falada nas empresas, ela é conhecida por estresse burnout, sendo a síndrome do profissional que perdeu a realização de si mesmo, está descomprometido com os outros e exausto emocionalmente. O trabalho em equipe é totalmente prejudicado; o funcionário perde a capacidade de compreender o sentimento ou reação das outras pessoas.

Entre seus sintomas, estão:

  • Ausências no trabalho;

  • Agressividade;

  • Isolamento;

  • Mudanças bruscas de humor;

  • Irritabilidade;

  • Dificuldade de concentração;

  • Lapsos de memória;

  • Ansiedade;

  • Depressão;

  • Pessimismo;

  • Baixa autoestima;

  • Dores de cabeça;

  • Enxaqueca;

  • Cansaço;

  • Sudorese;

  • Palpitação;

  • Pressão alta;

  • Dores musculares;

  • Insônia;

  • Crises de asma;

  • Distúrbios gastrintestinais.


Crie um ambiente acolhedor


Algumas atitudes no local de trabalho podem levar a uma piora no estado de saúde mental. Sendo elas:

  • A presença de metas abusivas e um alto controle de produtividade individual pode aprisionar os colaboradores em um misto de competitividade excessiva;

  • Isolamento no trabalho;

  • Fadiga;

  • Assédio moral.



Saúde mental na empresa


A necessidade psicológica de ter reconhecimento social positivo no trabalho é muito importante, já que quando não ocorre, o colaborador se sente como alvo de rejeição e isso afeta seu bem-estar.


Orientamos a trazer novas perspectivas para coordenar e auxiliar os colaboradores em práticas que valorizem a reflexão sobre a formação da identidade de carreira de cada profissional, para fortalecer o sucesso na carreira, pois pessoas engajadas apresentam níveis de saúde mais elevados.


Trata-se de um problema grave, sobretudo se considerarmos que os transtornos mentais ocupam os primeiros lugares nas estatísticas em torno dos motivos de afastamentos do trabalho pelo nosso sistema previdenciário.


Uma relação saudável no trabalho seria o que permitiria o desenvolvimento do indivíduo, fazendo um equilíbrio entre as exigências e períodos de repouso em seu processo de trabalho; aumente a periodicidade das ações na companhia, mantenha um diálogo aberto sobre saúde mental, reduza a pressão e o excesso de cobranças.



Referências:

MOBBING AND THE WORKER’S MENTAL HEALTH - Paula Ariane Freire

A INTER-RELAÇÃO TRABALHO-SAÚDE MENTAL: UM ESTUDO DE CASO - Edith Sellgmann Silva


Desenho do Trabalho, Atitudes de Carreira e Saúde Mental em empresas de Tecnologia da Informação - Revista Psicologia: Organizações & Trabalho (rPOT) - Emília dos Santos Magnan, Marcos Vinicius Amorim, Wagner de Lara Machado e, Manoela Ziebell de Oliveira


INOVAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE ORGANIZAÇÕES SUSTENTÁVEIS: TRABALHO, FATORES PSICOSSOCIAIS E AMBIENTE SAUDÁVEL - Marco A. Silveira





Está precisando de ajuda? Ligue 188


https://www.cvv.org.br/ligue-188/